Menu

PRA realiza reunião para aprimorar plano de manutenção no campus Jardim Botânico

 

Equipe da PRA em visita aos campus do Setor de Ciências Sociais Aplicadas

Equipe da PRA em visita aos campus do Setor de Ciências Sociais Aplicadas

Na última terça-feira (09), o pró reitor de administração, Álvaro Pereira de Souza, juntamente com uma comitiva da Pró Reitoria de Administração (PRA), se reuniu com representantes do Setor de Ciências Sociais Aplicadas para discutir problemas nas estruturas dos edifícios do setor. A diretora do setor, professora Ana Paula Cherobim, apresentou uma planilha de dados com fotos e descrições detalhadas de problemas com infiltração em pontos específicos e outros locais que necessitam de algum tipo de reparo. O edifício principal do setor, ao lado da entrada pelo Jardim Botânico – inaugurado há dez anos, concentra a maior parte das solicitações. Na reunião também foi solicitada a ampliação das redes elétrica, telefônica e de dados do prédio.

O vice-diretor, professor Ademir Clemente, demonstrou ainda preocupação com a segurança e acessibilidade dentro dos campi. Segundo ele, o trânsito intenso e crescente de automóveis dentro do campus Botânico deixa a comunidade acadêmica mais vulnerável a acidentes. “Precisamos de passagens elevadas para pedestres na entrada principal do campus e também entre o bloco de salas de aula e o restaurante universitário. Principalmente em dias chuvosos, é um perigo”, alerta o professor. Há ainda os relatos de estudantes com relação à segurança nos arredores do campus. Usuários da linha de ônibus Cabral-Portão relataram assaltos no trajeto entre o campus e o ponto de parada do coletivo.

Para o pró reitor de administração, Álvaro Pereira de Souza, as solicitações e alertas do setor são preocupantes, e a PRA deve iniciar imediatamente um plano de ações para resolver as questões emergenciais. Uma empresa especializada será contratada para confeccionar um laudo técnico do prédio e um plano de trabalho para sanar todas as questões. Além disso, ainda esta semana a pró reitoria dará início a uma campanha na entrada de todos os campi da universidade voltada para a conscientização no trânsito. Além de orientar estudantes, professores e técnicos administrativos quanto à importância de se respeitar as leis de trânsito dentro dos campi, a UFPR vai passar a emitir uma multa cidadã para os automóveis estacionados de forma irregular – uma ação exclusivamente educativa. Em breve, agentes da Secretaria Municipal de Trânsito (Setran) vão passar a atuar também dentro dos campi da universidade, com punições que vão desde multas até a remoção do veículo. “Nós queremos convidar nossa comunidade para que juntos possamos vencer a guerra contra a violência do trânsito. Esta luta é pela vida, pela segurança da nossa comunidade”, afirmou Álvaro. Existe também uma proposta para que engenheiros de trânsito da Setran desenvolvam um projeto de engenharia de tráfego para a UFPR.

Desde 2011 a universidade integra o Conselho de Segurança do Município de Curitiba e, como tal, vai buscar soluções para os relatos de violência nos arredores não apenas do campus Botânico, mas de toda a UFPR. O pedido da direção do Setor de Ciências Sociais Aplicadas é que a linha de ônibus Cabral-Portão, a mais utilizada pelos estudantes do campus, possa ter um ponto de parada dentro do campus Botânico. “Toda proposta, toda ideia que venha a somar para ajudar e proteger nossa comunidade, é muito bem vinda. Vamos analisar e levar a proposta ao Conselho de Segurança”, afirmou Álvaro Pereira de Souza.

 

UFPR nas Redes Sociais

Universidade Federal do Paraná
Pró-Reitoria de Administração
Rua Dr. Faivre 405, 2º andar | Fone: (41) 3360-5292
CEP 80.060-140 | Centro | Curitiba | PR | Brasil


©2023 - Universidade Federal do Paraná

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pelo Centro de Computação Eletrônica da UFPR